Terapia Craniosacral

Osteoetiopatia , , ,

terapia-cranio-sacral
Terapia Craniosacral é uma terapia manual suave dedicada ao diagnóstico e tratamento do Sistema Craniosacral por meio de toques suaves e precisos nos ossos da cabeça, coluna vertebral e sacro, melhorando o funcionamento do sistema nervoso central, e conseqüentemente, ativando a capacidade de auto cura do corpo, promovendo um profundo relaxamento e sensação de bem-estar em todos os níveis: físico, emocional e mental.

A Terapia Craniosacral (TCS) é uma evolução da Osteopatia Craniana e tem como base o acompanhamento da movimentação sutil dos ossos que formam o sistema craniosacral, liberando tensões profundas, aliviando a dor, disfunções e melhorando o desempenho e a saúde de todo o corpo.

O bom funcionamento do sistema craniosacral tem influência em todos os outros sistemas fisiológicos: nervoso, digestivo, circulatório, linfático, respiratório, hormonal e musculo-esquelético. Usando manobras que modificam a circulação do liquor, a TCS promove uma troca de fluidos em todos os tecidos do corpo, distribuindo a potência de saúde e despertando os processos de recuperação. O trabalho nas fáscias musculares, libera as tensões acumuladas e aumenta a circulação sanguínea e linfática, trazendo flexibilidade, nutrição, eliminando toxinas e ajudando nos processos inflamatórios que possam estar acontecendo, além de resolver muitos sintomas desconfortáveis como dores crônicas e distúrbios localizados.

Com manipulações adequadas das vértebras, a flexibilidade da coluna vertebral pode ser melhorada, pois a lubrificação do liquor chega aos lugares de compressão e bloqueios, como artroses, calcificações, hérnias de disco e problemas de coluna.

A TCS atua no equilíbrio do Sistema Nervoso Autônomo, descarregando o Sistema Nervoso Simpático se ele estiver muito ativado, e estimulando o Parassimpático para relaxamento nos casos de estresse, insônia, ansiedade e vice-versa nos casos de depressão e cansaço crônico. Assim, promove um profundo relaxamento e sensação de bem estar, a respiração torna-se fácil e livre, e ocorre um estado de suspensão e paz mental, o mesmo estado de meditação profunda que pode ser atingido por outros métodos.

A terapia permite uma maior observação dos movimentos e ritmos internos e aumenta a percepção corporal. Com a liberação de restrições e bloqueios do sistema, velhos padrões de comportamento, feridas e traumas podem tornar-se conscientes.

Indicações da Terapia Craniosacral:

  • Dores de Cabeça e enxaquecas;
  • Dores crônicas na nuca e Dor lombar;
  • Problemas relacionados ao estresse e tensão;
  • Dificuldade de coordenação motora;
  • Lesões por traumatismos cranianos e Medulares;
  • Fadiga crônica;
  • Fibromialgia;
  • Disfunções da Articulação Temporomandibular (ATM);
  • Escoliose;
  • Disfunções do Sistema Nervoso Central;
  • Dificuldades de aprendizagem;
  • Déficit de atenção / hiperatividade;
  • Estresse pós-traumático;
  • Autismo;
  • Problemas emocionais ( Depressão, Ansiedade, stress, sindrome do pânico, etc).

Fonte: www.ctcvertebral.com.br/craniosacral.html